quinta-feira, 23 de março de 2017

Europa Prepara-se Para Banir Pesticidas

Notícia exclusiva que se pode ler no site do The Guardian, diz que a Europa (Comissão Europeia) está pronta para a proibição total de pesticidas prejudiciais à abelha.


"A quantidade de evidências científicas sobre a toxicidade desses inseticidas é tão alta que não há como esses produtos químicos devam permanecer no mercado", disse Martin Dermine, da Pesticide Action Network Europe, que divulgou e compartilhou a informação com o Guardian . "A PAN Europa vai lutar com seus parceiros para obter apoio à proposta da maioria dos Estados membros". Uma petição para proibir os neonicotinóides , da Avaaz, reuniu 4,4 milhões de assinaturas.


Ler a notícia completa aqui.

Alternativas aos Herbicidas



Segunda Estante para Bonsai

Com o recente transplante de alguns pré-bonsais, tive de adquirir uma segunda estante em PVC para os colocar, pois tenho agora dez pequeninas árvores. 


Apesar de ter comprado uma estante exatamente igual à que tinha, na verdade não. Esta já tem um reforço necessário a meio nas prateleira, pois apesar de garantirem 25Kg, na verdade elas deformavam-se muito facilmente, daí eu ter colocado uma tábua na prateira de cima, onde tinha os vasos mais pesados. Infelizmente não acautelaram as medidas dos encaixes que permitiam fixar uma estante à outra, e assim sendo os encaixes fornecidos não serviram para nada. De qualquer forma isso também não era necessário, pois para o efeito que é, nem sequer é necessário fixar as estantes (como recomendado) à parede. 

Preço da Estante: 13€

terça-feira, 21 de março de 2017

Ida ao Horto: Mudas de Buxus para Bonsai

Domingo passado  dia do Pai, fui almoçar fora com os meus pais, e depois, na vinda para casa, acabei sugerindo uma coisa que muitos portugueses têm por hábito fazer: fazer uma visita ao horto! E uma visita a um horto pode ser sempre um perigo! Portanto, todo o cuidado é pouco! 
E é um perigo porque há sempre coisas muito bonitas por todo o lado! Não esquecer, que os hortos, compram as plantas e vendem-nas sempre na época em que estão em flor, em quando potenciam a venda. Mais, muitas vezes até se pintam as plantas, ou colocam outros artifícios para serem vendidas mais facilmente, como no caso das plantas suculentas e catos, em que até flores secas lhes espetam!

E tal como num hipermercado, em que se as pessoas não se acautelam, enchem o carrinho de coisas que nem precisam e depois só se apercebem quando vão pagar a conta num horto o problema, além da questão financeira, é outro. É comprar algo que está muito bonito, mas depois muitas vezes não se saber quais as condições que determinada planta precisa, ou quanto a planta vai crescer, ou quais as pragas a que pode estar suscetível. Portanto a dica é, saber o que se está a comprar e não comprar unicamente por impulso.

Nesta minha visita não programada, o gasto foi pequeno. Uma nota de 5€ ainda deu para receber uns cêntimos de troco. Comprei dois arbustos, um cotoneaster de variedade que ainda não tenho, e comprei um pequenino vasinho de  Buxus sempervirens


O buxus é um arbusto muito conhecido por ser usado em sebes, bordaduras e topiaria em jardins formais. Mas este vasinho que eu comprei, tinha um outro intuito: bonsai. O buxus é também  muito conhecido por ser usado em bonsai, por além de ser uma espécie que proporciona bonitos exemplares, ser também fácil de manter.

O vasinho que trouxe custou 1,90€ e era composto por quatro estacas enraizadas. Escolhi o vaso que me pareceu melhor (nos hortos também temos de saber escolher as melhores plantas) e lá o trouxe para casa, já com ideia de o multiplicar por quatro. 




Para fazermos os nossos bonsais podemos propagar as plantas por semente, por estaquia, podemos recolhe-las na natureza ou de qualquer sítio ao abandono, ou então passar num horto, ou vivieiro (que tem a vantagem de ainda ser mais barato, e trazer algum material para se trabalhar. Plantas maiores já dão para, em pouco tempo, trabalhá-las e colocá-las num vasos de bonsai. Aqui o intuito é diferente, é deixar os buxus crescer, engrossar o tronco (o buxus é de crescimento muito lente - e então depois  - quem sabe? - se não virei a ter um bonsai de buxus feito por mim? Veremos!

Bonsai: Transplante Romãzeira

A minha senda dos transplante dos pré-bonsais (que já se deveria ter iniciado há algumas semanas) terminou por agora, com o transplante de uma romãzeira que propaguei da árvore que tenho no jardim.



Inicialmente a pequena romãzeira esteve num garrafão de água que improvisei como vaso, mas depois, percebendo que as raízes se estavam a alongar, e até para que o tronco pudesse engrossar mais um pouco, retirei o fundo, e coloquei, com plástico e tudo, dentro dum vaso de 20L, como se pode ver na imagem seguinte, já sem o vaso exterior.


Mais uma vez transplantei a pequena árvore para um vaso decorativo, que não um vaso de bonsai, porque não os tenho do tamanho que precisaria e teria de comprar, e de momento essa não é a prioridade. A seu tempo depois tentarei comprar, novos ou até usados, porque os vasos de bonsai são um pouco caros, e para quem, como eu, está sempre a inventar, a coisa começa a não ficar barata

O substrato também improvisei com o que tinha à mão, mas nós mesmos podemos tentar fazê-lo, misturando diversas coisas como composto orgânico, terra preta, areão ou argila, mas indo sempre de encontro ao que a árvore prefere.  Quem tem um dois bonsais, se calhar não justifica, mas quem gosta de fazer muitos projetos como eu, então pode-se poupar algum dinheiro. E com esta romãzeira, tenho agora nove "bonsais" improvisados por mim, e certamente não ficarei por aqui!

segunda-feira, 20 de março de 2017

Suculentas em Flor: Aeonium undulatum

Tenho vários vasos grandes de suculentas Aeonium undulatum, mas estão um bocadito feias porque precisariam ser mudadas, ou para recipientes maiores ou para diretamente para a terra, e ainda por cima, com a geada, as flores acabaram por se queimar um pouco. 

Mas ontem, à saída do restaurante onde estive a almoçar, não pude deixar de reparar, num pequeno canteiro de suculentas. Eram várias, mas com destaque, estava precisamente a Aeonium undulatum com os seus cachos de flores amarelas:





Bonsai: Transplantar Piracanta

Foi há quase um ano que mostrei aqui uma piracanta em flor que tenho vindo a trabalhar como bonsai. Mas das várias piracantas que tinha, (é uma espécie que se propaga facilmente por estaca) uma em particular, num vaso de 20L, já estava com um porte interessante para colocar num vasinho de bonsai. Então vai daí e mãos à obra!




Antes do transplante estava neste vaso:


Detalhe do tronco:


Entretanto dei-lhe uma pequena poda, e veremos como vai evoluir.