sexta-feira, 11 de abril de 2014

Folhas vermelhas

Sempre que penso em tons vermelhos no jardim, lembro-me de um manual de jardinagem antigo que tenho (de 1974) de um senhor francês, que transmite toda uma série de ensinamentos e regras, sempre rígidas e formais, dizendo constantemente que certas coisas são de mau gosto, muitas com as quais concordo, e muitas coisas que não se devem fazer, algumas com as quais não concordo muito.

Sobre o vermelho, o senhor até tem um regra "Nada de vermelhos estridentes"! 
"Deve-se proscrever tudo o que seja vermelhos estridentes, que não têm lugar no jardim, e utilizar largamente o branco, que repousa a vista (...) os vermelhos são vulgares". 

Não faço ideia do que o senhor pensaria dos Acer palmatum (Bordo japonês)com a sua folhagem, que vai do vermelho vivo ao vermelho escuro, mas eu simplesmente adoro-os! Dependendo da variedade pode ir variando mais ou menos a cor ao longo das estações do ano. 

No verão de 2012 comprei um pequeno Acer palmatum, que teria talvez uns 60cm de altura, variedade Garnet, e paguei à volta de 20€, e na mesma grande superfície de jardinagem onde o comprei tinha outros do mesmo porte (só com o tronco mais grosso) ao dobro do preço. 

Julho/2012

Mais tarde, percebi que foi mais um disparate, pois encontrei um viveiro, onde são os próprios que os propagam, e os preços são substancialmente mais baixos. Na verdade, os Acer palmatum são muito caros, porque também são de crescimento lento, e uma pequena árvore com um porte de cerca de metro e meio já custa mais de 100€ e quanto mais velha, logicamente mais cara será.

É uma pequena árvore de folha caduca, extremamente elegante e com uma folhagem muito delicada e com belos e diferentes padrões cromáticos ao longo do ano, com os ramos curvados, pontuando com a sua presença, uma paisagem romântica. Gosta de climas temperados e de meia sombra, ou sombra parcial, e o sol muito quente pode queimar e envelhecer a sua folhagem delicada. É algo que tenho de ter em atenção, visto que a minha casa está virada a sul, e o sol é muito quente. 

Etiqueta com as informações que vinha com a planta

Para já está num vaso grande de cimento, mas gostaria de o colocar na terra, mas tenho de pensar muito bem onde o poderia colocar, para estar protegido do sol. 

As primeiras folhas desabrocharam este ano em meados de março:




E rapidamente abriram todas umas atrás das outras:




Um dos locais no grande Porto onde podemos encontrar vários Acer palmatum, é nos jardins do Palácio de Cristal.









Acer palmatum em flor





O Acer Palmatum também resulta divinamente em bonsai. Eu não tenho essa pretensão, aliás os bonsais desta espécie, também são muito caros, mas no entanto não está excluída a possibilidade de adquirir outra árvore de outra variedade, provavelmente também vermelho. 

5 comentários:

  1. Adoro o tom vermelho!!!
    Essa planta é muito interessante...e bonita.
    Normalmente um horto tem tudo ou quase tudo mais barato.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas eu comprei num horto! Mas como na maioria dos hortos, não são eles que produzem as plantas, limitam-se a comprar/importar, e eu encontrei um viveiro em que são eles que propagam as suas plantas, podendo assim praticar preços muito mais competitivos.

      Eliminar
  2. Olá. Ando a escolher uma variedade desta planta. Poderia identificar o viveiro que refere? Obrigado.

    ResponderEliminar